Maputo

Maputo
Da minha janela...

terça-feira, janeiro 22, 2008

Hospital Central de Maputo


O Departamento de Pediatria do Hospital Central de Maputo está cheio de crianças e mães sem visitas, umas porque vêm de outras provincias e os seus familiares não têm possibilidades de as visitar, outras porque simplesmente não têm familiares ou até mesmo porque foram abandonadas no Hospital quando a doença chegou.

A Alice, juntamente com outra missionária moçambicana, tem visitado este departamento todas as semanas à procura destas mesmas crianças, de forma a dar-lhes apoio, atenção, e particularmente uma palavra de esperança.

Tem sido uma oportunidade única para a Alice conhecer estas crianças, contar-lhes uma história da Biblia e dar-lhes um pouco do muito amor de que elas necessitam.

Deixo-vos dois nomes para que se lembrem deles - a Atália e o Alfredo.

A Atália é uma menina que vive nos suburbios da cidade de Maputo, e que durante a noite foi mordida por uma cobra, o que lhe infectou todo o braço direito, tendo já sido submetida a uma intervenção cirurgica para reconstrução do membro.
O Alfredo é um menino com cerca de 8 anos, abandonado pela sua mãe neste hospital há 5 anos atrás, quando o mesmo começou a apresentar um crescimento anormal da cabeça.

Por favor orem por estas e outras crianças com as quais a Alice tem tido a oportunidade de ministrar.

5 comentários:

  1. Ainda bem que temos uma FILHA assim.
    Para além do orgulho que temos pela vossa família,damos graças a Deus, pelo teu envolvimento numa causa assim. Um grande obrigado do pai e da mãe. (22/01/2008)

    ResponderEliminar
  2. Licinha fico muito feliz por ver como Deus tem trabalhado o teu coraçao, a cada noticia vossa sinto a confirmaçao de Deus. Esse é lugar aonde Ele vos quer agora e onde voçês poderao fazer a diferença. É verdade que temos saudades vossas e que perdemos com a vossa saida aqui de Valadadres, mas uma coisa eu sei as vossas vidas aí têm mais para dar e estou certo que Ele vos irá abençoar a cada manhâ. Tozé

    ResponderEliminar
  3. Graças a Deus que ainda há quem largue barcos e remos para abraçar causa tão nobre. São, como família, um grande exemplo para todos os que, crentes como vós, encontram sempre justificações para nada fazerem em serviço do Senhor.Que Deus continue a animar-vos a cada dia e supra todas as v/necessidades.
    Desejos destes que vos amam
    Veríssimo e Nanda

    ResponderEliminar
  4. Realmente é uma causa muito nobre! Coragem pois vale apena!

    Um beijinho muito Grande!

    Maria da Luz, Filipe, Bruninho, Sr. Alpuim e D. Elvira

    ResponderEliminar
  5. http://maputo.visitusinmaputo.com

    ResponderEliminar