Maputo

Maputo
Da minha janela...

domingo, outubro 20, 2013

Formação em Milange

Milange é uma vila que fica na provincia da Zambézia, no Centro de Moçambique, a cerca de 1600 km de distância de Maputo, junto à fronteira com o Malawi.

Saimos no sábado à tarde de Maputo e voámos até Quelimane, fazendo o resto dos 350 km de carro, num troço que demorou 6 horas a percorrer. Os últimos 100 km ainda são de terra batida, ideal para viaturas 4x4 e aventureiros - quase 2 horas aos saltos sem qualquer luz exterior, atravessando povoações sem energia eléctrica.


O domingo começou com uma admirável paisagem africana, com as montanhas do Malawi ao longe. Em Milange, tal como em quase toda a provincia da Zambézia, a bicicleta é o transporte principal, e saber andar é quase tão importante como saber respirar...


A formação começou com 28 lideres comunitários que representam 22 clubes de crianças e jovens, em 14 comunidades rurais do distrito de Milange. Esta formação foi organizada em parceria com a Espanor, uma organização cristã local, que trabalha na área de desenvolvimento sustentável.

Sessão teórica



Exercício prático

Tempo de Reflexão

Aula prática

Foto de Familia
Após 5 dias de formação, todos os alunos tiveram oportunidade de praticar com crianças do bairro 7 de Abril, as actividades desenvolvidas durante a semana, e experimentar aquilo que virá a ser feito nas diferentes comunidades rurais de onde são provenientes.



Grupo de Crianças no Campo

Jogos com Crianças


Descoberta Bíblica

Reflexão e Aplicação

Pequenos grupos de reflexão



quinta-feira, outubro 03, 2013

Missionários precisam-se!

A Abigail é uma jovem missionária de 19 anos que decidiu dar quase 3 meses da sua vida em proveito das crianças hospitalizadas em Moçambique.

Amar e ser amada, como ela refere no seu blog, é uma das coisas mais surpreendentes que nos pode dar significado na vida.

Aqui particularmente, junto dos doentes, esta é uma das missões mais gratificantes que podemos ter. Por isso precisamos de mais missionário(a)s como a Abigail. Obrigado!