Maputo

Maputo
Da minha janela...

segunda-feira, novembro 26, 2007

Leia isto mesmo que não me conheça...

Este post é especialmente para si, que chegou a esta página não sabe como, talvez por acaso, talvez porque fez uma busca sobre Moçambique, ou talvez porque alguém lhe falou nuns missionários que deixaram a sua terra para ir para África ajudar as crianças.

Se esse é o seu caso, deixe-me contar-lhe a verdadeira motivação que nos trouxe para Moçambique:

Quando Deus criou o mundo, Ele o fez com intenção do homem, Sua criação, viver em perfeita harmonia consigo, o Criador. Mas Deus também deu ao homem a habilidade de fazer as suas próprias escolhas incluíndo a de desobedecer às suas instruções e desejos.
Com tudo à sua disposição, o homem, não satisfeito com aquilo que Deus lhe tinha dado, preferiu desobedecer e ficar de costas voltadas para Ele.

Mesmo assim, ao longo da história, Deus sempre tem desejado reconciliar-se com o homem, e fê-lo ultimamente através de Jesus Cristo, que nasceu, viveu, morreu e ressuscitou há 2 mil anos para provar o quanto Deus continua a amar as pessoas, mesmo quando viram as costas ao Criador. E a todos quantos recebem essa verdade, Deus os recebe como filhos.

Esse é o significado da nossa vida. Saber o quanto Deus nos amou ao ponto de providenciar o Seu Filho Jesus Cristo para morrer por nós. Se você ainda não percebeu o significado da sua vida, ainda vai a tempo de o procurar. Procure-o no único lugar possivel - Deus!

Se você acha que virmos para Moçambique ajudar as crianças é uma grande coisa, deixe-me dizer-lhe que não é nada comparado com aquilo que Deus fez por nós... e por si também!

Procure-o... e achará!

3 comentários:

  1. Found your blog while Blogger-surfing...Stop by Crossword Bebop sometime

    ResponderEliminar
  2. Telma - Igreja de Cucujães7:40 da tarde

    Olá!!

    Toca a actualizar o blog...

    Queremos novidades vossas.

    Que Deus vos continue a abençoar muito, é o meu desejo.

    Beijinhos para todos

    ResponderEliminar
  3. Olá Jorge

    Vim ter ao seu blogue por acaso e estou a adorar lê-lo.
    Fui criada em Moçambique e tenho muitas saudades dessa terra.
    Adorava leccionar na escola portuguesa de Maputo.
    Vou continuar a ler o seu blogue.
    Felicidades a todos!

    ResponderEliminar